0

Segurança: Parquinhos

Mais um da série sobre segurança. Os parquinhos podem parecer inofensivos e na maioria são mesmo. Mas é sempre bom ficar atento para alguns detalhes antes de soltar os filhos nessa diversão. A ONG Criança Segura (criancasegura.org.br) dá algumas dicas:

* Conheça os parquinhos onde as crianças brincam. Procure equipamentos apropriados para a idade das crianças e verifique se os equipamentos estão enferrujados, quebrados ou contêm superfícies perigosas. Denuncie qualquer problema à escola ou ao órgão responsável
* O parquinho dever ser instalado em piso que absorva impacto, como um gramado, um piso emborrachado ou areia fina. Jamais deve ser instalado em piso de concreto ou pedra;
* Tire o capuz e o cachecol de todas as crianças para evitar perigos de estrangulamento nos parquinhos.

Ensine à criança:
* As regras de comportamento nos parquinhos, como não empurrar, não dar encontrões e nem se amontoar. Mostre quais são os equipamentos apropriados para a faixa etária dela;

Saiba mais:
- Crianças menores que brincam em equipamentos destinados a crianças mais velhas têm mais chances de sofrer algum tipo de acidente. Elas devem estar sob constante supervisão de adultos durante a brincadeira no parquinho.
- As quedas, lesões de grande ocorrência nos parquinhos, representam a principal causa de hospitalização por acidente com crianças de 1 a 14 anos no Brasil.
Para mais informações, consulte a ABNT sobre a norma referente aos parquinhos.

Bom, mas em se falando de parquinhos, vou aproveitar o post para colocar as fotos do famoso Stratosphere, o parque mais alto do mundo! Sei que essas fotos já correram o mundo, mas eu não me canso de olhar e de me perguntar o que leva uma pessoa a pagar por uma diversão tão radical e arriscada dessas? Ele fica no alto de uma torre de 300m, na cobertura de hotel de 108 andares. Ô louco, meu!
Bjocas!

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou desse post?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...