0

Amor de mãe aumenta área do cérebro responsável pela memória nos filhos, aponta estudo


Crianças criadas com afeto têm hipocampo maior, revela estudo

Segundo especialistas, relacionamento carinhoso entre pais e filhos ajuda a desenvolver melhor as áreas do cérebro responsáveis pela memória



As crianças criadas com afeto têm o hipocampo - área do cérebro encarregada da memória - quase 10% maior que as demais, revela um estudo publicado nesta última segunda-feira, 30, pela revista Proceedings of the National Academy of Sciences(PNAS).

A pesquisa, realizada por psiquiatras e neurocientistas da Universidade Washington de Saint Louis, "sugere um claro vínculo entre a criação e o tamanho do hipocampo", explica a professora de psiquiatria infantil Joan L. Luby, uma das autoras.

Para o estudo, os especialistas analisaram imagens cerebrais de crianças com idades entre 7 e 10 anos que, quando tinham entre 3 e 6 anos, foram observados em interação com algum de seus pais, quase sempre com a mãe.

Foram analisadas imagens do cérebro de 92 dessas crianças, algumas mentalmente saudáveis e outras com sintomas de depressão. As crianças saudáveis e criadas com afeto tinham o hipocampo quase 10% maior que as demais. "Ter um hipocampo quase 10% maior é uma evidência concreta do poderoso efeito da criação", ressalta Luby.

A professora defende que os pais criem os filhos com amor e cuidado, pois, segundo ela, isso "claramente tem um impacto muito grande no desenvolvimento posterior".

Durante anos, muitas pesquisas enfatizaram a importância da criação, mas quase sempre focadas em fatores psicossociais e no rendimento escolar. O trabalho publicado nesta segunda-feira, no entanto, "é o primeiro que realmente mostra uma mudança anatômica no cérebro", destaca Luby.

Embora em 95% dos casos estudados as mães biológicas tenham participado do estudo, os pesquisadores indicam que o efeito no cérebro é o mesmo se o responsável pelos cuidados da criança é o pai, os pais adotivos ou os avós.
Fonte: Estadão
Leia Mais ►
0

Um mimo de impressora!

Ai como eu amei essa fofurice de impressora!! Primeiro pelo tamanhinho dela. Olha só que cut! Depois pela aparência, mas principalmente pela funcionalidade! Olha que bacana! Ela imprime papelzinhos que podem ser uteis no dia-a-dia. Basta baixar o aplicativo no iPhone, iPad e outros "is" da tecnologia. Conecta o cabo USB e pronto! Você pode imprimir uma pequena lista de tarefas do dia, lembretes de aniversários ou coisas a fazer, recadinhos e mais um montão de coisas. Não é lidaaaa?! O nome da belezura aí é Little Printer. Amei por demais!!





Leia Mais ►
0

Lego realista

Sempre adorei brinquedos de encaixe e o Lego é meu favorito. Acho que chega a ser uma unanimidade, né? Então, fuçando algumas coiseeeeenhas do Lego, encontrei um artista, o Bruce Wan, que usa as pecinhas de Lego para criar coisa inacreditáveis! Começando pelo "cantinho" onde ele guarda as peças, divididas por cores. Olha só que coisa básica, esse armário com peças cinzas, ferramentas, colas e muito mais.

Vamos às criações? Santa criatividade!!!





Leia Mais ►
0

Dodói suculento


Hááááá! Já vi muitos "modelos" de bandagem, ou os famosos band-aid. E que tal esses aqui? Um dodói coberto com um ovo frito ou um arranho coberto com um pedaço de bacon. kkkkkk Legal, né? 


 Aííí, fui fuçar na net mais modelitchos de band-aid. E olha quanta coisa curiosa eu achei. 




Leia Mais ►
0

Green By Missako

Olha que fofurisse as roupinhas da marca Green By Missako. Gente, a coleção verão 2012 é tudo de lindoooooo! Roupinhas super alegres, com look moderninho e sem deixar perder o clima infantil. Amei as peças!!! Tem para meninos, meninas e bebês. Chama atenção na marca é que ela foi criada por uma pediatra, mãe, que tinha dificuldades em encontrar roupas que combinassem conforto e beleza. 



Para solucionar este problema ela, que conhecia muito bem a anatomia dos bebês e crianças, buscou desenvolver coleções que eram adequadas, tanto para o dia-a-dia, como para ocasiões especiais. O resultado foi a marca Green, que atende bebês e crianças de 0 a 10 anos e busca transpirar a alegria das cores, a beleza da diferença e o valor da autenticidade. Ela entende que apesar de ter como prioridade seus filhos e filhas, as mães são pessoas ocupadas. E por esta razão, procura oferecer uma solução de vestuário prática, confortável e elegante. Quer ver mais? Acesse o site clicando aqui!!



Leia Mais ►
0

Assoprar o machucado da criança ajuda?





O método é antigo, sua avó fazia na sua mãe, que fazia em você, que faz no seu filho. Agora, será que aquela assopradinha, ou apertar um machucado, adianta? Sim, isso tem fundamento. Mas é muito melhor abanar em vez de assopraro ferimento, pois as bactérias da boca e da saliva podem infeccionar o local. "Ao estimular a percepção da pressão ou do vento, é como se você enganasse o cérebro, que se desliga um pouco da dor", explica Gisele Limongeli Gurgueira, coordenadora da emergência pediátrica do Hospital São Paulo e professora da Unifesp. Nos machucados leves, como arranhões, apertar suavemente ajuda a estancar um pequeno sangramento.


Fonte: Revista Crescer
Leia Mais ►
0

Gravidez sem bebê


Apesar de cobrir de frustração quem vive  a expectativa de ter um filho, este fenômeno, conhecido como gestação anembrionária, não é sentença de outros problemas reprodutivos no futuro
Menstruação atrasada, sonolência, enjoos e outros sintomas típicos levantam a suspeita, e os testes hormonais confirmam  que a mulher está grávida. Mas, por volta da 5ª semana de gestação, quando normalmente é realizada a primeira ultrassonografia, o especialista não consegue visualizar o embrião.  “Nesse caso, repetimos o exame com intervalos semanais, até que o chamado saco gestacional atinja o tamanho de 20 milímetros”, explica o obstetra Mario Cavagna, diretor da Comissão de Reprodução Humana da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia. “Se o quadro persistir, fechamos o diagnóstico de gravidez anembrionária ou ovo cego, o termo mais popular”, conclui.

Onde surge o problema
Quando o espermatozóide fecunda o óvulo, a massa celular proveniente da junção dá origem a duas estruturas distintas: uma que abrigará o feto e que inclui saco gestacional, placenta e anexos; e outra chamada embrioblasto, que formará o embrião. “Às vezes, porém, ocorre uma falha genética durante a união dos gametas. Por isso, o embrião não se desenvolve, embora o útero tenha se preparado para acolhê-lo”, esclarece o obstetra Alberto D’Áuria, do Hospital e Maternidade Santa Joana, em São Paulo.

O que fazer
Em uma situação tão delicada como essa, o estado emocional da mulher precisa ser levado em conta, como critério prioritário, na hora de definir a estratégia de tratamento. “Se a paciente apresenta sangramento, por exemplo, uma das possibilidades é estabelecer um prazo de até duas semanas para a expulsão espontânea dos tecidos, antes de recorrer a outros procedimentos”, diz a ginecologista Carolina Ambrogini, da Universidade Federal de São Paulo.

Aguardar é uma conduta bastante segura e a paciente não precisa se preocupar com complicações como hemorragias ou infecção. “No entanto, fragilizadas com o insucesso da gravidez, muitas mulheres não conseguem lidar com essa espera”, ressalva Alberto D’Áuria”. Daí, é preciso apelar para alternativas cirúrgicas. “Uma boa opção é a aspiração intrauterina, em que o material é retirado do útero à vácuo”, esclarece Carolina. “Há, também, casos em que lançamos mão da curetagem, uma espécie de raspagem”, finaliza. Mario Cavagna acrescenta que medicamentos indutores de contrações uterinas podem ser administrados, em ambiente hospitalar, para estimular a eliminação natural.

Risco aumentado
A gravidez anembrionária pode acometer qualquer mulher, em qualquer idade. Vale lembrar que até 15% das primeiras gestações não se desenvolvem até o final e que experiências de aborto espontâneo são consideradas normais na vida reprodutiva. A idade, porém, é um fator de peso para alterações genéticas, inclusive aquelas associadas a episódios de ovo cego. “A partir dos 38 anos de idade, problemas do gênero se tornam mais prevalentes”, avisa D’Áuria. E o alerta não se restringe ao time feminino. “Os espermatozoides dos homens com mais de 40 anos estão sujeitos a defeitos genéticos”, lembra o obstetra.

Existe prevenção?
Uma boa maneira de se precaver, no caso de quem planeja engravidar, é ingerir ácido fólico, durante dois meses, antes de tentar a concepção. Sob orientação médica, é claro. “A substância ajuda a prevenir malformações e acidentes genéticos”, justifica D’Áuria.

Recomece, sem medo
Quem enfrentou uma gravidez anembrionária não tem motivo para viver com receio de que a história se repita. “Esses incidentes são, na maioria das vezes, esporádicos, isolados, e ocorrem devido a um erro na fecundação, especificamente”, tranquiliza Carolina. “Mas, se isso acontecer mais duas vezes, é recomendada uma investigação do cariótipo-- o conjunto de cromossomos—do casal”, conclui.

Via de regra, a orientação é aguardar o ciclo menstrual seguinte ao evento, recarregar as esperanças, investir no sonho da maternidade e tentar outra vez!
Fonte: http://www.bebe.com.br


Leia Mais ►
0

Rabiscando por aí


Que tal esse "tapete", que pode ser carregado para qualquer lugar e serve para a criançada riscar e rabiscar a vontade??? Basta um giz na mão e muita imaginação, que isso elas têm de sobra, né? Chalk Mat Table Cloth é uma peça incrivelmente versátil. Apesar do tamanho, basta enrolar e levar para qualquer lugar ou superfície. Depois, é só limpar, dobrar e guadar! Adeus paredes sujas e riscadas! rsrsrsrsrs Disponível no UrbanBaby.



Leia Mais ►
0

O lanche da escola

Fonte: Crescer


Começa a semana e lá vem a dúvida: o que colocar na lancheira? Essa e outras preocupações – se ele vai comer, se a combinação do lanche é boa, se o suco ainda vai estar geladinho quando chegar a hora do intervalo – surgem uma atrás da outra. Fizemos a conta e descobrimos que você pensa nisso 210 dias por ano, mais ou menos, se considerarmos que as aulas começam em fevereiro e vão até a metade de dezembro. Ufa! A boa notícia é que seu dia a dia vai ficar mais fácil – é o que nós esperamos. CRESCER preparou um especial para ajudar você na volta às aulas. Nas próximas páginas, sugerimos 20 combinações diferentes para o seu filho levar na lancheira (no nosso site tem mais 15 opções: para crianças alérgicas a glúten e leite e para as que estão acima do peso). Todas as sugestões, que têm a quantidade certa de calorias por porção, passaram pelo crivo de um time de nutricionistas. 



Aproveite as ideias nada convencionais de lanches, como muffin de grão de bico e até patê de atum com tofu – acredite, seu filho pode adorar essas receitas. Você vai saber também como ser sustentável na hora de preparar a lancheira e vai encontrar as soluções para todas as suas dúvidas, como se pode mandar lanche ou leite quente e o que fazer quando você descobre que não tem nada em casa para ele levar. Não perca tempo. Corra para as próximas páginas!
Lanche 1
• 200 ml de suco natural de melão 
• 2 fatias de pão de fôrma, 1 de peito de peru, requeijão e cenoura ralada 
• 1 maçã
Os sucos de melão e de uva mantêm as propriedades das vitaminas mesmo depois de prontos há algumas horas. Já os ricos em vitamina C, como laranja e limão, oxidam facilmente e perdem os nutrientes.
 Lanche 2
• 200 ml de leite puro gelado 
• cookies de grão de bico com passas 
• 1 pera
Lanche 3
• 200 ml de chá de erva-doce 
• 1 fatia de pão de fôrma integral com patê de atum e tofu 
• salgadinho integral de milho
PATÊ DE ATUM COM TOFU
Ingredientes: 250 g de tofu, 1 lata de atum, azeite, orégano e sal a gosto 
Preparo: Bata no liquidificador ou no processador todos os ingredientes até formar um patê. Se precisar, acrescente um pouco de água mineral.
Lanche 4
• 200 ml de suco natural de manga 
• sanduíche de pão árabe integral com duas fatias de blanquet de peru e requeijão. O melhor é mandar os sucos sem adoçar. Quando não der, use mel.

Lanche 5
• 200 ml de suco natural de melão 
• grãos de 1 espiga de milho cozida (corte com uma faca e coloque em 1 potinho) 
• 1 cacho de uva (você pode tirar os caroços em casa)
Lanche 6
• 200 ml de água de coco 
• pão integral orgânico com creme de grão de bico e tahine (tipo homus, vendido no supermercado), com cenoura ralada e cevadinha 
• 1 pêssego
CREME DE GRÃO DE BICO Cozinhe meio pacote de grão de bico (250g) com água e os temperos da sua preferência – não esqueça o sal. Quando amolecer, coe e bata no liquidificador com um pouco do caldo e peneire. Acrescente 2 colheres (sopa) de tahine e um pouco de azeite.
Lanche 7
• Iogurte líquido com sabor de banana (garrafinha com 200 ml) 
• 1 polenguinho 
• 1 fatia de bolo de laranja
BOLO DE LARANJA
Ingredientes: 1 xícara de suco de laranja natural, 3 gemas, 2 xícaras de farinha de trigo, 1 xícara de açúcar, 1 colher (sopa) de fermento em pó, 3 claras em neve
Preparo: Bata o suco de laranja com as gemas e o açúcar. Misture a farinha, o fermento e, por último, as claras em neve. Leve ao forno para assar em fôrma levemente untada com pouco óleo e polvilhada com farinha. Desligue quando o bolo dourar.
Lanche 8
• 200 ml de água de coco 
• 2 fatias de pão preto com requeijão, 1 de queijo de minas e 1 pitada de orégano 
• 1 porção pequena de biscoito de polvilho
Compre o biscoito pronto ou faça em casa com a ajuda do seu filho (veja receita no nosso site). Ele vai adorar pôr a mão na massa e vai querer comer tudo na hora!

Lanche 9
• 200 ml de suco natural de maracujá 
• 2 fatias de pão de fôrma integral, com queijo de minas e 2 colheres (chá) de geleia de damasco
GELEIA CASEIRA DE DAMASCO 
Junte 1 kg de damasco picado a 250 g de açúcar cristal ou açúcar convencional em uma panela com fundo grosso. Deixe cozinhar em fogo baixo até obter a consistência desejada.
Lanche 10
• 200 ml de suco natural de maracujá 
• 1 pão de leite orgânico, com muçarela de búfala em fatias e folhas de agrião. 
• 1 pera
Se o pão ficar um pouquinho duro, corte-o ao meio na vertical e ponha no forno por alguns minutos. Pronto: seu filho pode levar torradas na lancheira.
Lanche 11
• 1 caixinha de 200 ml de suco de soja sabor laranja 
• muffin com passas 
• iogurte
MUFFIN COM PASSAS
Ingredientes: 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo, 1 ovo, 1/2 xícara de açúcar, 1 pitada de sal, 3 colheres (chá) de fermento, 1 e 1/2 copo de iogurte natural, 1 colher (sobremesa) de canela. 
Preparo: Misture tudo em uma tigela e ponha para assar em fôrmas de empada (de alumínio) levemente untadas com um pouco de óleo. Se você quiser, adicione à massa pedaços de fruta ou passas.
Prepare essa receita no fim de semana com seu filho e guarde um para mandar na lancheira.
Lanche 12
• Chá-mate feito em casa 
• 2 fatias de pão integral com pasta de tofu (você compra pronta no supermercado) e 2 fatias de blanquet de peru 
• 1 banana
CHÁ-MATE
Ingredientes: 1/2 litro de água, 2 colheres (sobremesa) de chá-mate, 1 limão 
Preparo: Ferva a água. Ponha o chá e deixe aquecer no fogo por mais um minuto. Acrescente o suco de 1 limão. Você pode mandar gelado ou quentinho. Adoce com mel.

Lanche 13
• 200 ml de suco natural de manga 
• 2 fatias de pão integral, 1 pasta feita com 1 lata de atum e 1 pote pequeno de iogurte natural 
• 1 pote individual de canjica de milho salgada – que você encontra em lojas de produtos naturais
Coloque os temperos que você gosta na hora de preparar o patê. Orégano e azeite combinam com essa receita.
Lanche 14
• 200 ml de suco natural de maracujá 
• cookies de milho e 1 queijinho para acompanhar 
• 5 uvas sem caroço
Antes de mandar esse lanche para a escola, é legal fazer o teste em casa. Algumas crianças podem achar estranho a combinação do doce com salgado.
Lanche 15
• 200 ml de água de coco 
• 1 fatia de bolo de chocolate 
• 2 enroladinhos de queijo muçarela com presunto (1 fatia de cada por enroladinho)
BOLO DE CHOCOLATE
Ingredientes: 3 xícaras (chá) de farinha • 2 xícaras (chá) de açúcar • 1 colher (sopa) de fermento em pó • 1 e 1/2 xícara (chá) de água quente • 3 ovos • 1 xícara (chá) de óleo • 1 xícara (chá) de achocolatado em pó 
Preparo: Bata os líquidos na batedeira e inclua os farináceos. Unte uma fôrma e asse em forno preaquecido a 180ºC por 40 mininutos.
Esse bolo pode ser congelado por até dois meses.
Lanche 16
• 1 caixinha de 200 ml de suco de soja sabor pêssego 
• 1 pacote (26 g) de bolacha salgada integral 
• 1 cacho pequeno de uva sem caroço 17
Lanche 17
• 1 garrafinha de iogurte de fruta 
• 2 minipães com peito de peru e cream cheese 
• 1 pera
Lanche 18
• 1 caixinha de 200 ml de suco de soja sabor uva 
• wrap de pão-folha com queijo branco light, brotinhos de alfafa, fatias fininhas de manga e cream cheese 
• 1 maçã
Esse lanche leva mais tempo para ser preparado. Deixe pronto à noite – sem a fruta – e ponha na geladeira. Acrescente a manga pela manhã.
Lanche 19
• 200 ml de suco natural de melancia 
• 2 bisnaguinhas com requeijão e presunto (sem a capa de gordura) 
• 1 barra de cereal orgânica
Abacaxi e hortelã dão um toque refrescante ao tradicional suco de melancia.
Lanche 20
• 200 ml de suco natural de pêssego 
• 2 fatias de pão de fôrma integral com aveia, sem a casca, recheado com atum, iogurte natural desnatado, 1 folha de alface e cenoura picadinha











Leia Mais ►
0

Banheiro de Nenem

Ah Genteeeeee!! Não tem como não se apaixonar por uma decoração como essas! Olha que mimo as ideias para um banheirinho de nenem! Amei tudo! O vaso, a pia em forma de flor, a torneira, as cores... Já pensou,  um desses no capricho para seu pequeno? Dá para se inspirar não é? A minhoquinha como espelho foi amor a primeira vista!! Esse visual todo aí é para um banheiro coletivo, mas algumas peças dão para levar pra casa sim! Detalhe para a altura do vaso e pias! Lindo demais, né? Tudo criado pela Laufen!






Leia Mais ►
1

Comida de Nenem: Pirulitos de pipoca e chocolate


Ingredientes

  • 2 colheres de óleo de soja 
  • ½ xícara de milho para pipoca 

  • *Calda de chocolate:
  • ½ xícara de açúcar
  • ¼ xícara de manteiga
  • 2 ½ colheres de sopa de chocolate em pó 
  • ½ xícara de Karo
  • *Calda de chocolate:
  • 100 gramas de chocolate hidrogenado derretido em banho Maria

Modo de preparo

Em uma panela aqueça o óleo e junte o milho. Tampe a panela e agite-a até todo o milho ter estourado. 

Calda de chocolate: 
Misture todos os ingredientes em uma panela grande e leve ao fogo, deixando ferver por 2 minutos. Junte a pipoca à calda mexa bem e deixe no fogo até que fique completamente coberta pelo chocolate.
Desligue o fogo e deixe a pipoca ficar morna. Molhe as mãos em água fria e faça bolas com a pipoca caramelada apertando bem. Em cada bola espete um palito de churrasco e deixe descansar em lugar fresco.

Calda de chocolate:  
Passe o chocolate nos pirulitos e grude confeitos de chocolate coloridos (tipo Confeti). Deixe secar e espete os palitos em uma taça de vidro cheia de sal.
Leia Mais ►
1

Novidades no Calendário Nacional de Vacinação

O Ministério da Saúde anunciou hoje (18) novas vacinas para o segundo semestre de 2012: a VIP, injetável contra a poliomielite, e a pentavalente


O ministro da saúde Alexandre Padilha anunciou, hoje (18), novidades no Calendário Nacional de Vacinação. A partir deste ano, passa a fazer parte doCalendário Básico de Vacinação da Criança, a vacina injetável contra a poliomelite, feita com vírus inativado, como CRESCER antecipou, em agosto do ano passado.

A introdução da Vacina Inativada Poliomelite (VIP) vai acontecer no segundo semestre desse ano. No entanto, a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), recomenda que os países das Américas continuem utilizando a vacina oral, com vírus atenuado, até a erradicação mundial da poliomielite, para garantir uma proteção de grupo. O vírus ainda circula em 25 países.
O Brasil utilizará um esquema sequencial, com as duas vacinas, aproveitando as vantagens de cada uma, mantendo, assim, o país livre da poliomielite. A VIP injetável será aplicada aos dois e aos quatro meses de idade e a vacina oral será utilizada nos reforços, aos seis e aos 15 meses de idade. Após essa transição (que deve ocorrer nos próximos cinco anos), as crianças serão vacinadas com a VIP aos dois, aos quatro e aos seis meses de idade.

Na primeira etapa da campanha anual contra a pólio, que acontece no dia 16 de junho próximo, tudo continua como antes. Todas as crianças menores de cinco anos receberão uma dose da vacina oral, independente de terem sido vacinadas anteriormente. Só na segunda etapa, que deve acontecer em agosto, a VIP injetável será introduzida no calendário.

Outra novidade será a inclusão da vacina pentavalente, que combina a atual vacina tretavalente (difteria, tétano, coqueluche, também chamada de DTP + haemophilus influenza tipo B) com a vacina contra a hepatite B. "A introdução da vacina pentavalente reduz uma picada nas crianças", diz o ministro Alexandre Padilha. O que, além de amenizar o sofrimento dos bebês, também tem a vantagem de diminuir as idas ao posto de saúde.

Com o novo esquema, os recém-nascidos continuam a receber a primeira dose da vacina hepatite B nas primeiras 12 horas de vida para prevenir a transmissão vertical. Aos dois, quatro e seis meses, então, tomam a pentavalente. Os dois reforços continuarão sendo dados com a vacina DTP (difteria, tétano, coqueluche): o primeiro a partir dos 12 meses e, o segundo reforço, entre 4 e 6 anos.

Mais novidades
No prazo de quatro anos, o Ministério da Saúde deverá transformar a pentavalente emheptavalente, com a inclusão das vacinas inativada poliomielite e meningite C conjugada. “As vacinas combinadas possuem vários benefícios, entre eles o fato de reunir, em apenas uma injeção, vários componentes imunobiológicos. Além disso, os pais ou responsáveis precisarão ir menos aos postos de vacinação, o que poderá resultar em uma maior cobertura vacinal”, observa o ministro Alexandre Padilha.

Leia Mais ►
0

Bebês fazem leitura labial durante o processo de aprendizado da fala

Estudo aponta importância da interação entre pais e filhos para o desenvolvimento da linguagem





As primeiras palavras do bebê podem não ser totalmente articuladas, mas são capazes de fazer qualquer pai e mãe chorar. E não é à toa, a fala é um complexo processo e envolve uma importante interação entre você e seu filho. 

Um estudo realizado no Florida Atlantic University, nos Estados Unidos, por exemplo, acaba de revelar que para aprender a falar, a criança faz (imagine!) a leitura labial dos seus interlocutores. Isso significa, que seu filho não só escuta, como também presta muita atenção nos movimentos dos seus lábios quando você conversa com ele - algo que talvez você já tenha percebido.
Segundo a pesquisa, esse processo se inicia aos 6 meses de idade, quando a atenção do bebê deixa de estar voltada para os olhos e passa a ser dirigida à boca dos pais. Os cientistas chegaram a essa conclusão com a análise de 180 crianças expostas a gravações de vídeos, nos quais uma mulher dizia frases tanto na língua materna das crianças (no caso, o inglês), como em um idioma estrangeiro (no caso, o espanhol). 

Nas falas em inglês, as reações dos bebes revelaram que aos 4 meses de idade, a atenção das crianças é focada nos olhos, aos 6, ela é dividida entre a boca e o olhar, já dos 8 aos 10 meses, a boca se torna o principal foco. Aos 12, a atenção volta novamente aos olhos.
Mas nas gravações em espanhol, todos os bebês se concentraram na boca durante a exibição das imagens. O que isso significa? Para os pesquisadores, esse resultado demonstra que as crianças precisam de informações extras quando ainda não reconhecem o significado dos sons, por isso, a importância da leitura labial no desenvolvimento da linguagem

"Ao ler os lábios, as crianças fazem um resgate na memória dos sons que já ouviram e que têm sentido para ela", explica a a fonoaudióloga Adriana Souza Martins. 

Mais um motivo, destaca a especialista, para você buscar a interação com o bebê a fim de incentivar o aprendizado da linguagem, de forma que ele entenda que ao falar, pode satisfazer desejos e outras necessidades. "Ler ou contar histórias, cantar, brincar e conversar são ótimos meios de interação", sugere Adriana. "Durante essas atividades, mostre os objetos, as cores, pessoas e seus respectivos nomes." Assim, com o estímulo dos pais, logo ele vai perceber que, além de apontar os objetos, há maneiras mais fáceis de conseguir o que quer!

Fonte: Revista Crescer 
Leia Mais ►
0

Nid De Petitis

Paaaaaara tudooo!!! Encontrei esse site superhipermaxmega fofo que tem um montão de coiseeenhas fofas. É preciso muito auto controle para não comprar tudo que tem lá. Selecionei apenas algumas coisinhas gente, mas no site tem muito mais. Vale muito a pena conferir!! Entrega em todo Brasil!  http://www.niddepetits.com.br/


Cesto de brinquedos R$198,00


Saco para roupa de banho molhada R$35,00


Para Guardar meu Chulé R$56,00

Almofada Coleção Jardim R$ 98,00


Leia Mais ►
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...