0

Síndrome do Bebê Sacudido


Já ouviu falar?
Sabe aquela brincadeira de “Upa! Upa! Cavalinho”, que sacode o bebê sentado no colo? Ou já ouviu aquela risada gostosa quando joga o bebê pra cima e balança? Dar uma chacoalhada para repreender ou mesmo brincar é uma atitude que pode trazer seqüelas para a criança. É o que garantem os especialistas. É a chamada Síndrome do Bebê Sacudido! O termo descreve uma série de sintomas que podem ser causados por brincadeiras como essas.

Pelo que pesquisei, as “sacudidas” podem provocar aceleração do cérebro dentro do crânio e daí provocar as lesões. O grau de dano cerebral depende da quantidade, duração do sacudir e das forças que resultarem em impacto na cabeça que é grande e pesada em relação ao resto do corpo. Entre o cérebro e o crânio existe um pequeno espaço para o crescimento e desenvolvimento da massa encefálica. Quando se sacode a criança o impacto pode provocar lesões e o inchaço do cérebro.



Podem causar hemorragias cerebrais, hemorragias oculares que provocam cegueira, retardo mental, problemas motores, paralisia, dificuldade de aprendizagem, convulsões. Em 25% dos casos, os bebês sacudidos morrem. Já pensou? Estudos feitos na Alemanha relacionam casos de mortes súbitas em bebês com o ato de sacudir as crianças com mais intensidade. Os efeitos desta síndrome atingem bebês com menos de dois anos de idade.

O movimento para frente e para trás sem o apoio causa a lesão cerebral. Por isso é muito importante apoiar a cabeça do bebê em qualquer movimentação e nunca sacudir. O que não significa que você não possa ninar, embalar, dar muito afeto, muito amor para esse bebê. Depois de saber disso, tenho tomado cuidado com as brincadeiras do meu João Gabriel.

Bjocas!

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou desse post?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...